Rádio JOVEM PAN

95.9. Jovem Pan Recife

Ouvir

Como conciliar a maternidade com a vida sexual? Sexóloga dá as principais dicas

por Jovem Pan, . - Atualizado em

"Não somos regidos apenas por hormônios, tem a parte psicológica", explicou Paula Napolitano

Fonte: Reprodução

Essa é a realidade de grande parte das mulheres em todo o mundo. Assim que fica grávida, perde completamente a vontade de transar com o parceiro ou parceira. E depois que tem o bebê, o cenário se agrava. Seja pelos hormônios ou pelo cansaço, a libido que antes nunca apresentou problema quase que desaparece. Será que é possível reverter esse quadro? De acordo com a psicóloga, terapeuta sexual e colaboradora do Morning Show Paula Napolitano, a resposta é sim.

"Se olharmos o lado biológico puramente, isso acontece. A prolactina, um hormônio, faz mesmo essa reclusão quando se está amamentando para manter o foco nisso. Mas tem quem amamenta mais ou menos, sente mais ou menos. Não somos regidos apenas pelos hormônios. Tem a parte psicológica", explicou.

Nesse sentido, como a mulher enxerga seu relacionamento faz toda a diferença. Se a relação não estiver em um bom momento, o desejo não aparecerá - nem para um nem para o outro.

"Como o parceiro lida com essa fase é essencial. Ele é compreensivo ou não? Compartilha as tarefas ou apenas 'ajuda'? Isso sem falar na questão do corpo. O corpo muda com a gravidez, a aceitação dele pode mudar também. A mulher fica com cicatriz, a barriga ainda demora para voltar, os seios ficam maiores. Muitas reclamam muito por não ficar com auto-estima boa. O próprio parceiro pode se incomodar (...). Todos precisam compreender o período e se adaptar. Tem que ter muita conversa para resolver", concluiu.

Tags da Pan

Comentários